quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Troca de saberes no campus de Breves – GEPPAM apresenta Programa na I Jornada de Extensão


 

O Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental (GEPPAM), que ao atender o honroso convite do Campus Universitário de Breves, através da Coordenação de Extensão (COEX) apresentou o programa “Educação Ambiental nas RESEX Marinhas de São João da Ponta e Mãe Grande de Curuçá – PA” na I Jornada de Extensão do campus de Breves. Naquela ocasião, o programa foi apresentado pelo bolsista de extensão Walter Luiz Jardim Rodrigues (Geografia/UFPA). 

Nosso imenso agradecimento para Profª Msc Gicele Brito Ferreira pelo excelente evento que possibilitou a troca de conhecimentos entre os vários projetos, programas de extensão da Universidade Federal do Pará dos campi de Breves, Soure e Belém seja através de apresentações orais, mostras de banner e vídeos e etc. Também agradecemos a excelente hospitalidade ofertada aos apresentadores convidados dos projetos/programas. O GEPPAM, em nome de sua coordenadora Profª Drª Márcia Aparecida da Silva Pimentel, agradece a oportunidade de aprender com os trabalhos apresentados e de compartilhar seus resultados de extensão com todos os participantes da I Jornada de Extensão do campus de Breves.



Os Programas e Projetos Convidados que apresentaram na manhã do dia 12/12/12 foram:

- Programa Infância e Adolescência – PIA / ICSA / Campus Belém;
- Projeto Universidade da Terceira Idade UNICITECI / Campus Belém;
- Projeto Universidade na Rádio / Campus Marajó-Soure;
- Programa Educação Ambiental nas RESEX Marinhas de São João da Ponta e Mãe Grande de Curuçá – PA / Campus Belém

Texto: Walter Rodrigues.
Fotos: Renata Oliveira.

Veja também:

GEPPAM na programação da I Jornada de Extensão UFPA do campus de Breves-Marajó-Pará

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Programa de Pós-Graduação em Geografia PPGEO/UFPA realiza palestras

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Geografia-PPGEO/UFPA convida a participar nos dias 11 e 12 de Dezembro  da Missão do Programa de Cooperação Acadêmica - PROCAD-NF/CAPES - UFPA/FCT. Contando com as seguintes Palestras:



segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

GEPPAM na programação da I Jornada de Extensão UFPA do campus de Breves-Marajó-Pará



Ao Promover a 1ª Jornada de Extensão do Campus Marajó-Breves (JEXCB), busca-se realizar um evento que possibilite a difusão da prática extensionista realizada pela UFPA no Campus Marajó-Breves e demais instituições de Ensino Superior com sede no Município de Breves de acordo com o que estabelece as Diretrizes Curriculares do MEC e o Plano de Desenvolvimento Institucional da UFPA. A JEXCB contará com a participação das Faculdades de Ciência Naturais, Matemática, Letras, Pedagogia e Serviço Social apresentando a comunidade acadêmica e a sociedade local o que foi produzido por seus projetos de extensão no exercício de 2011 e 2012.
Serão convidados projetos e programas de outros campis da UFPA que já possuem tradição na área extencionista, para que venham apresentar sua experiência e fazer intercambio com o corpo docente e discente do CUMB.
O Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental - GEPPAM estará participando como convidado para a apresentação dos resultados dos programas de extensão realizados durante os dois últimos anos nas comunidades dos municípios de São João da Ponta e Curuçá, nordeste do Pará. O que para o GEPPAM é ótima oportunidade de compartilhar saberes com a comunidade acadêmica do campus Marajó-Breves UFPA e com os demais campis participantes.

Serviços

1ª Jornada de Extensão do Campus Marajó-Breves (JEXCB)
Período:11 e 12 de dezembro de 2012.
Local: Campus Marajó-Breves. Endereço: Conjunto Bandeirantes S/Nº.
Bairro: Aeroporto

domingo, 18 de novembro de 2012

"Entre marés: saberes, cidadania e responsabilidade social" um sucesso em São João da Ponta!

Noite cultural do "Entre marés" na Praça de São João da Ponta.
O evento "Entre marés: saberes, cidadania e responsabilidade social", realizado pela Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta - MOCAJUIM e organizado pelo GEPPAM, foi um grande sucesso! Agradecemos a todos que fizeram parte dessa história, que nos rendeu valiosas experiências e trocas de saberes. A todos os alunos dos diferentes grupos, programas e projetos da Faculdade de Geografia e Cartografia, Turismo e Teatro, que ali estiveram com suas contribuições, nossos maiores agradecimentos.

E ainda, nada disso seria possível sem o apoio da Pró-Reitoria de Extensão - PROEX/UFPA, Faculdade de Geografia e Cartografia da UFPA, Prefeitura Municipal de São João da Ponta, Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade - ICMBio (Gestão da RESEX Marinha de São João da Ponta), Secretaria de Estado Pesca e Aquicultura - SEPAq.

Foram apresentadas oficinas, palestras, apresentações teatrais, mostras de banners além de trilhas interpretativas coordenadas pelas professoras Márcia Pimentel e Carmena França da Faculdade de Geografia e Cartografia da UFPA.

De acordo com a professora Márcia Pimentel, uma das coordenadoras do evento, o Projeto possui grande importância tanto para as comunidades locais quanto para a comunidade acadêmica.


VEJA MAIS FOTOS DO EVENTO ACESSANDO:

-------------------------------------------------------------------------------------
Fonte consultada: Portal UFPA. “Evento Entre marés promove saberes e cidadania no Pará”. Disponível em: http://www.portal.ufpa.br/imprensa/noticia.php?cod=6835. Acesso em: 18/11/2012.
Foto: Diego. 

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Participe do "Entre marés: saberes, cidadania, responsabilidade social" em São João da Ponta, Pará

Participe do "Entre Marés: Saberes Cidadania e Responsabilidade Social".
Palestras, Oficinas, Mostras de Painéis, Festivais.
Dias 15, 16 e 17 de novembro de 2012 em São João da Ponta (PA)
Realização: Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta - MOCAJUIM. 
Organização: Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental - GEPPAM. 
Apoio: Prefeitura de São João da Ponta, ICMBio, PROEX-UFPA, FGC, SEPAq.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Nota de pesar pelo falecimento do senhor João Batista Palheta



João Batista Palheta 


É com grande tristeza que nós fomos informados do falecimento do senhor João Batista Palheta, seu João Timbica, como era conhecido carinhosamente pelos  moradores da comunidade sede municipal de São João da Ponta, nordeste do Pará. Seu João era um dos nossos entrevistados para o projeto livro de memórias de São João da Ponta a partir de narrativas orais, que resultou no livro “São João da Ponta (PA): seu passado e presente na memória” (no prelo) e o website “Portal São João da Ponta a partir de narrativas orais” disponível em www.saojoaodaponta.com e um dos mais idosos pescadores do município (86 anos). Sua memória permanecerá para sempre na história do município e nas lembranças de todos que o amavam.
Cordialmente,

Walter Rodrigues.
Organizador do livro “São João da Ponta (PA): seu passado e presente na memória” e do website “Portal São João da Ponta a partir de narrativas orais”.



Veja um trecho da entrevista feita com seu João em sua casa em São João da Ponta em 2011.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Faculdade de Geografia e Cartografia da UFPA realiza trabalho de campo do curso de especialização do IESP na Reserva Extrativista Marinha (Resex) de São João da Ponta, Nordeste Paraense.




Será realizada hoje pela Faculdade de Geografia e Cartografia da UFPA e Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental – GEPPAM, em parceria com a Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta – MOCAJUIM e Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade – ICMbio (equipe de gestão da RESEX), o trabalho de campo do curso de especialização promovido pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - IFCH para o Instituto de Ensino de Segurança Pública do Estado do Pará - IESP.  Serão cerca 42 oficias da  Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal de Ananindeua e Centro de Perícias Renato Chaves envolvidos nesse trabalho de campo que visa à qualificação desses profissionais da área da segurança pública. Este trabalho de campo é coordenado pela Prof.ª Dr.ª Márcia Pimentel da Faculdade de Geografia da UFPA. Também foi convidada a participar da programação a equipe de segurança do município de São João da Ponta.


Sobre o trabalho de campo a ser realizado


O trabalho de campo é um instrumento metodológico essencial para a Geografia. Assim ele deve seguir um roteiro de observações que possibilitam as análises sobre o espaço geográfico.
Nosso objetivo junto à RESEX de São João da Ponta é possibilitar um olhar prismático sobre o modelo de Unidade de Conservação de Uso Sustentável. Olhar a Unidade de Conservação sob o ponto de vista do geossistema, do território e da paisagem contribui para o trabalho de gestão da unidade.
Este roteiro compõe-se de duas partes: a primeira fornece informações sobre o desenvolvimento do campo. A segunda apresenta os procedimentos para elaboração do relatório.
PROGRAMAÇÃO NA RESEX:
Pela manhã:
- Palestra “Gestão em Unidade de Conservação de Uso Sustentável” com a equipe de gestão do ICMbio e presidente e equipe da executiva da MOCAJUIM (Associação dos Usuários da Resex).
- Reconhecimento de campo na sede municipal de S.João da Ponta: observação da paisagem cultural.

ALMOÇO: na sede da MOCAJUIM.

Pela tarde:
- Reconhecimento da diversidade de unidades de paisagens na área da RESEX e entorno.

- Os alunos serão subdivididos em quatro grupos. Cada grupo fará um trajeto orientado por um membro da MOCAJUIM e com apoio técnico dos bolsistas de extensão universitária da Faculdade de Geografia e Cartografia da Universidade Federal do Pará e integrantes do GEPPAM.



Texto: Márcia Pimentel e Walter Rodrigues
Fotos: Wellingtton Fernandes e Hemerson da Silva.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

I SIMPÓSIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS NA AMAZÔNIA


Notícia enviada por Nayrana Cabral

Submissão de trabalhos

Normas Gerais para Submissão do Resumo 
Para o I Simpósio de Estudos e Pesquisas em Ciências Ambientais na Amazônia poderá ser submetido resumo nas seguintes áreas temáticas.

  • Avaliação de Impactos Ambientais
  • Biotecnologia
  • Comunicação Ambiental
  • Consumo e Meio Ambiente
  • Ecologia e Biodiversidade
  • Economia Ambiental
  • Ecoturismo
  • Educação Ambiental
  • Energia e Meio Ambiente
  • Estatística Ambiental
  • Etnociências
  • Física Ambiental
  • Geomática
  • Geotecnia Ambiental
  • Gestão Ambiental
  • Indicadores de Sustentabilidade
  • Legislação Ambiental
  • Marketing Ambiental
  • Microbiologia Ambiental
  • Modelagem Ambiental
  • Mudanças Climáticas
  • Políticas Públicas
  • Química Ambiental
  • Recuperação de Áreas Degradadas e Contaminadas
  • Recursos Hídricos
  • Saneamento e Tratamento de Resíduos
  • Saúde Ambiental
  • Sistemas Agloflorestais
  • Tecnologia Industrial
Para submeter resumo, proceda sua inscrição no site clicando no módulo “Inscrições”
O candidato inscrito poderá submeter até 2 (dois) resumos. Após a inscrição, envie seu resumo para:simpambientais@gmail.com 


Os resumos submetidos serão avaliados pela Comissão Científica. A comissão terá autonomia para aceitar ou recusar o resumo, não cabendo recurso.



A lista dos resumos aceitos será divulgada na página do evento.http://www.uepa.br/paginas/pcambientais/simposio/index.html 



Todos os resumos aceitos serão publicados em um CD e serão apresentados no evento por meio de pôsteres.



O prazo para submissão de resumos se encerra em 19 de novembro de 2012. Os resumos submetidos após essa data não serão considerados.



O resumo deverá conter: Título: Fonte Times New Roman 14, Caixa Alta, Negrito e Centralizado. Autores: Fonte Times New Roman 12, Centralizado, Inserir email do primeiro autor e Instituição de Origem. 
Resumo: Contendo até 1800 caracteres, Fonte Times New Roman 12, Justificado. Palavras chave: No máximo 05 (cinco), Fonte Times New Roman 12, Negrito e Justificado.



O modelo para resumo está disponível no link a seguir:


segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Narrativas orais dos moradores de São João da Ponta, nordeste do Pará, vira website




O estado do Pará possui uma superfície de 1.253.165km². Esse imenso território abriga 144 municípios. Dentre eles há os que ainda não possuem registros, nem documentos oficiais que tratem de sua própria história. O que é lamentável, uma vez que o desinteresse em preservar a história acaba ocasionando sua perda. História geralmente contida na memória de muitos homens e mulheres que ajudaram de fato a construir os alicerces de cidades, vilas e povoados por toda Amazônia brasileira.
No município de São João da Ponta, esta realidade se tornou evidente quando o Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental da Faculdade de Geografia e Cartografia da Universidade Federal do Pará, sob a coordenação da Prof.ª Dr.ª Márcia Pimentel, iniciou uma série de estudos e pesquisas nas comunidades do município.
Com a identificação do problema, os objetivos agora era atender a demanda apresentada em reunião pelos moradores a respeito da preservação e da valorização de sua história contida nas memórias de seus moradores antigos; e contribuir de certa forma com o avanço dos estudos sócio espaciais, utilizando-nos dos recursos metodológicos da história oral somada à abordagem cultural da Geografia, que vem buscando novas alternativas de apreensão do espaço geográfico.
Os resultados das narrativas primeiramente foram organizados em um livro, conforme o pedido dos moradores, a ser lançado em breve.  Em seguida, o material serviu de base para o desenvolvimento deste site.
O site a partir de narrativas orais Portal São João da Ponta é resultado direto desses estudos desenvolvidos sob a responsabilidade do bolsista de Extensão Universitária (PROEXT/UFPA) Walter Luiz Jardim Rodrigues. Os estudos foram iniciados em 15 de abril de 2011 e foram finalizados em 13 de julho de 2012.
No total foram entrevistadas 35 pessoas das principais comunidades de São João da Ponta entre as idades de 96 a 43 anos no período de julho de 2011 a julho de 2012.
Nesta mídia eletrônica buscamos atender as necessidades levantadas pelos moradores do município referente à preservação e valorização da história local, antes viva somente nas memórias de seus moradores mais idosos e, também, disponibilizar para comunidade acadêmica e para comunidade em geral o material coletado em campo junto aos entrevistados assim como os resultados alcançados através do uso desses materiais como artigos, pôsteres, TCC e etc.
Desse modo, acreditamos estar cumprindo com nosso dever quanto estudantes, pesquisadores e, principalmente, seres humanos com o retorno de nossos estudos a comunidade e a valorização dessas pessoas detentoras de tanto conhecimento, que em muitos casos não possuem sequer a alfabetização.
Os nomes e as informações prestadas pelos narradores denominados neste site são respaldados pelo documento Autorização de Uso de Imagem, Som de Voz, Nome e Dados Biográficos em Obras de Preservação Histórica” assinadas pelos mesmos. Toda informação aqui apresentada são autorizadas por seus autores para uso de fins exclusivamente didático.

O website "Portal São João da Ponta a partir de narrativas orais" está com laçamento previsto para novembro de 2012 em São João da Ponta, nordeste do Pará. O site está em fase de testes. O conteúdo está sendo atualizado aos poucos devido a grande quantidade de gravações feitas. Brevemente estaremos funcionando com todo o conteúdo disponível.

Mais informação em: http://www.saojoaodaponta.com

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta cria página na internet




Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta – MOCAJUIM, com grande satisfação, inaugura hoje o endereço virtual http://mocajuim.blogspot.com.br em parceria com o Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental da Faculdade de Geografia da Universidade Federal do Pará, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - Gestão São João da Ponta e a Prefeitura de São João da Ponta.

Blog da Mocajuim busca contribuir para o reconhecimento/valorização dos saberes tradicionais locais, para a geração de debates que venha incentivar a organização social e econômica das comunidades da RESEX; além da divulgação das ações da Associação dos Usuários da RESEX nos aspectos sociais, econômicos, culturais e institucionais da Unidade de Conservação (U.C.) através da autogestão do blog pelos extrativistas devidamente capacitados para tanto.
Os procedimentos para a criação e gerência do blog pelos extrativistas da Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta passaram pelas seguintes etapas:

1ª ETAPA
Público-alvoAgentes ambientais voluntários e Conselheiros das comunidades pólos.
Conjunto de palestras realizadas em três módulos na Sede do município em questão no prédio da Associação dos Usuários da RESEX Marinha de São João da Ponta.
2ª ETAPA
Público-alvo: Conselheiros das comunidades pólos.
Realização da oficina “Introdução à Informática Básica”, realizada em três módulos na Sede do município em questão através do Infocentro da Prefeitura de São João da Ponta.
3ª ETAPA
Público-alvo: Conselheiros das comunidades pólos.
Capacitação de conselheiros (titulares e/ou suplentes) das cinco comunidades pólo: Cidade, Porto Grande, Guarajuba, Deolândia e Bom-Fim  para a criação e gerência da ferramenta blog.

Os métodos empregados através dos Módulos de Capacitações: conjuntos de palestras sobre o contexto das Reservas Extrativistas e entre outros assuntos relacionados; oficina “Introdução à Informática Básica” e a oficina “O uso do blog como recurso para a informação e comunicação: criação e gerência” somaram e resultaram os seguintes pontos dentro das propostas colocadas pelos extrativistas da citada RESEX para a capacitação de criadores/gerenciadores de um blog como ferramenta de informação e comunicação: a) Aplicação da oficina “O uso do blog como recurso para a informação e comunicação: criação e gerência” para os conselheiros que tiveram melhor aproveitamento na Oficina “Introdução à Informática Básica”; b) Exposição teórica a respeito do recurso blog e suas possibilidades de uso no contexto da RESEX visando à informação e a comunicação entre os extrativistas, a comunidade local e o mundo; c) Computadores conectados ao sinal do projeto “Cidades digitais”, distribuição e uso de material didático desenvolvido pela equipe do blog GEPPAM exclusivo para oficina; d) Criação e gerência do blog da Associação dos Usuários da Reserva Extrativista Marinha de São João da Ponta hospedado na plataforma Blogger pelos participantes da oficina.

A criação e gerência do Blog da Mocajuim pelos extrativistas, surge como uma  possibilidade de os mesmos poderem divulgar seus saberes culturais, econômicos, sociais. E assim, contribuir para a valorização, reafirmação, reconhecimento e identificação dos conhecimentos tradicionais dentro e fora da RESEX, usufruindo do grande potencial trazido pelos Projetos “Cidades Digitais” e “UCA TOTAL”, desse modo, interligando as comunidades do município, cuja população está concentrada em sua maior parte na área rural, em rede com o local e o global simultaneamente.
____________________
Fonte: RODRIGUES, Walter Luiz Jardim; FERNANDES, Wellingtton Augusto Andrade; PIMENTEL, Márcia Aparecida da Silva. O uso da ferramenta blog pelos extrativistas de São João da Ponta: o rural interligando-se em rede. 64º Reunião Anual da Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência – SBPC. Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para Enfrentar a Pobreza. Universidade Federal do Maranhão, São Luís: 2012.

sábado, 4 de agosto de 2012

A Faculdade de Geografia na Programação do XVI Encontro Internacional IFNOPAP / VI Campus Flutuante 2012



Com abertura por volta das 9:00 horas da  manhã do dia 02 de agosto de 2012, o XVI Encontro Internacional IFNOPAP / Campus Flutuante deu início a programação que se estenderia até o dia 11 de agosto. O tema escolhido para este ano foi: “Da Pré-História à Modernidade: Navegando entre o Rio e a Floresta em Busca das Origens”.
O evento ocorre há 16 anos e é coordenado pela professora Socorro Simões. O caráter interdisciplinar do evento permite a discussão entre as mais variadas áreas do saber. Resultando daí uma rica troca de saberes entre seus participantes.  
Pelo segundo ano consecutivo o Grupo de Estudos Paisagem e Planejamento Ambiental (GEPPAM) participa da programação do evento.  Para nossa satisfação, este ano, o número de alunos e professores participantes da Faculdade de Geografia, aumentou significativamente! Sendo que embarcados no Navio Clívia estão cinco (05) alunos do GEPPAM, oito (08) alunos do Programa de Educação Tutorial (PET-Geografia) e mais a professora Carmena Ferreira de França, que acompanham a programação completa desde o dia 02 de agosto.
Apresentaremos a seguir um quadro com a programação completa da Faculdade de Geografia (Data, Município, Hora, Atividade/Ministrante e Local) nesse grande evento científico.

Data
Município
Hora
Atividade/Ministrante
Local
02/8
Belém-Mosqueiro
10:00 – 11:00
Palestra 1: “Diversidade paisagística entre Belém e Mosqueiro: alguns exemplos”, prof.ª
Carmena Ferreira de França (UFPA)
Barco
03/08
Mosqueiro
08:00 – 12:00
Excursão científica à trilha ecológica Olhos d’Água, coordenadores Carmena França,
Márcia Pimentel, Vladimir Távora e Rosemery Nascimento (UFPA)
Saída do Porto Pelé
05/8
Vigia
10:00 – 11:00
PALESTRA 1: “Aspectos gerais da bacia amazônica: uma interpretação geográfica”
Ministrante: Prof.ª Luziane Mesquita da Luz (Fac. Geografia e Cartografia/UFPA)

05/8
Vigia
08:00 – 12:00
Oficina 1: “Cartografia e ensino de geografia”, Prof. José Edilson Cardoso Rodrigues
(Fac. Geografia e Cartografia/UFPA)

05/8
Vigia
08:00 – 12:00
Oficina 2: “Estudos amazônicos e ensino de geografia”, Prof.ª Márcia Aparecida da
Silva Pimentel (Fac. Geografia e Cartografia/UFPA)

06/8
Capanema
14:00 – 18:00
Oficina 3: “Capacitação para criação e gerência de blog - 1.ª parte”, graduandos da
UFPA Walter Luiz Jardim Rodrigues, Wellington Fernandes, Hemerson da Silva,
Roberta Fortes, Mayara Mariano e Jonylce Moreira
Campus II. Sala de Informática
06/8
Salinópolis
08:00 – 9:00
Palestra 1: “Variabilidade sazonal do clima amazônico”, Prof. José Edilson Cardoso
Rodrigues (UFPA)
Escola
Temístocles
Raiol
06/8
Salinópolis
9:00 – 10:00
Palestra 2: “Aspectos gerais da bacia amazônica: uma interpretação geográfica”, Prof.ª
Luziane Mesquita da Luz (UFPA)
Escola
Temístocles
Raiol
06/8
Salinópolis
08:00 – 12:00
Oficina 1: “Alfabetização cartográfica”, prof. Christian Nunes da Silva e graduandos
Carlos Jorge N. de Castro e Madson José N. Quaresma (UFPA)
Escola
Temístocles
Raiol
07
Capanema
08:00 – 12:00
Oficina 4: “Capacitação para criação e gerência de blog – 2.ª parte”, graduandos da
UFPA Walter Luiz Jardim Rodrigues, Wellington Fernandes, Hemerson da Silva,
Roberta Fortes, Mayara Mariano e Jonylce Moreira
Campus II, sala de informática
07/8
Capanema
14:00 – 18:00
Oficina 4: “Capacitação para criação e gerência de blog – 2.ª parte”, graduandos da
UFPA Walter Luiz Jardim Rodrigues, Wellington Fernandes, Hemerson da Silva,
Roberta Fortes, Mayara Mariano e Jonylce Moreira
Campus II, sala de informática
07/8
Capanema
14:00 – 18:00
Palestra 2: “História da colonização no espaço geográfico amazônico: O caso da
formação territorial de Rondônia e do Complexo Hidrelétrico do rio Madeira”, prof. Clay
Anderson N. Chagas e graduando Pedro Wander S. Pinheiro (UFPA)
Campus I, auditório
07/8
Tracuateua
9:00 – 12:00
Oficina 1: “O espaço geográfico e sua relação com a geologia”, graduandas Thamyres
Marques da Silva, Thaline Trindade, Vicka Marinho e prof.ª Carmena França (UFPA)
Escola Coronel Pinheiro
07/8
Tracuateua
9:00 – 12:00
Oficina 2: “Cartografia e ensino de geografia” , Prof. José Edilson Cardoso Rodrigues
(UFPA)
Escola Coronel Pinheiro Júnior
08/8
Bragança
8:00 – 12:00
Oficina 2: “Alfabetização cartográfica”, prof. Christian Nunes da Silva e graduandos
Carlos Jorge N. de Castro e Madson José N. Quaresma (UFPA)
Escola Bolívar Bordalo
08/8
Bragança
08:00 – 12:00
Oficina 3: “Tudo converge para o rio”, graduandas Roberta Fortes e Mayara Mariano
(UFPA)
Escola Bolívar Bordalo
08/8
Bragança
08:00 – 12:00
Oficina 9: “Tá dando onda no mangue”, graduandos Romilson Alacântara, Adriane
Azevedo e Francejane Ferreira da Costa (UFPA)
Escola Bolívar Bordalo
08/8
Bragança
14:00 – 16:00
Mesa redonda 2: “A trajetória e a contribuição de Aziz Nacib Ab’Sáber à Geografia da
Amazônia” e homenagem, prof.ª Gerusa Duarte (UFSC), prof.ª Ana Maria Medeiros
Furtado (UFPA) e prof.ª Nidia Pontuska (USP)
Auditório do Campus
09/8
Viseu
20:30
Palestra 2: “Conhecendo a UFPA e o vestibular”: Adriane Karina Amin de Azevedo e
Helvécio Costa de Sousa Sobrinho (graduandos UFPA).
Escola
Luciano
Calderara
10/8
Viseu
08:00 – 12:00
Oficina 2: “O espaço geográfico e sua relação com a geologia”, graduandas Thamyres
Marques da Silva, Thaline Trindade, Vicka Marinho e prof.ª Carmena França (UFPA)
Escola
Luciano
Calderara
11/8
Castanhal
14:00 – 15:00
Palestra 1: “Geografia histórica da Região Bragantina”, Prof.ª Ana Maria Medeiros
Furtado (UFPA)
Campus da UEPA
11/8
Castanhal
15:00 – 16:00
Palestra 2: “O paradoxo da água na Amazônia brasileira: a riqueza hídrica versus a
pobreza do acesso à água potável”, Prof. Carlos Alexandre Leão Bordalo (UFPA)
Campus da UEPA
FONTE: Adaptação da Programação final do IFNOPAP, 2012.

Foram aproximadamente 14 atividades da Geografia da Universidade Federal do Pará divididas em 8 municípios do estado. Oficinas, palestras, mesas redondas, excussões científicas. Serão 10 dias de IFNOPAP, 10 dias de aprendizado, 10 dias de trocas de conhecimentos.
W.L. Jardim Rodrigues.

E mais!


Acompanhe nossas atualizações diárias no FACEBOOK clicando no link a seguir:


http://www.facebook.com/geppamufpa




Veja mais Geografia no IFNOPAP / CAMPUS FLUTUANTE


GEPPAM E LABENGEO: 8 dias entre rios e florestas (Expedição no Médio Amazonas)




NOTA:
Infelizmente, por motivo de força maior, nossos amigos Wellingtton Fernandes (Graduando de Geografia) e Amanda Gonçalves (Mestranda do PPGEO), que tiveram ano passado com a primeira oficina realizada por alunos da Geografia, não puderam estar conosco esse ano. E também lamentamos a ausência do nosso amigo Leandro Glauco (Mestrando PPGEO) que junto com a Amanda ministrariam a oficina “A Balada no Mangue”.